Realizar é voar nas nuvens

Resultado de imagem para mary poppins voando
imagem Disney - Google - Mary Poppins


Sonhar é bom demais, afinal, só realizamos o que primeiramente sonhamos, não é verdade?! Mas realizar...  

Realizar nos leva a outro patamar, nos traz satisfação pessoal acima de qualquer suspeita, nos faz sentir borboletas batendo asas na barriga e na alma, aquelas que falei no post anterior aqui no blog. É uma ação que nos faz voar nas nuvens e não querer sair mais de lá. 

Faz a gente cultivar e regar um sorriso nos lábios que não nos larga mais, faz a gente ter gás para continuar sonhando e realizando. E muitas vezes até realizaremos o inimaginável, o nunca sonhado também tem o seu lugar nas nuvens.

Quanto mais praticamos feitos, mais sonhos chegam e mais realizações se tornam possíveis. Passamos a enxergar o pote de ouro no final de cada arco-íris sonhado e planejado.

Sabe aquela história de provar para a gente mesmo que nós conseguimos, que somos sim capazes, é muito mais enriquecedor a se preocupar em provar algo para os outros. Os outros são os outros, o importante nessa história toda é quem você olha no reflexo de seu espelho.

É preciso ter consciência de que todo sonho para virar real vai precisar de nós coragem, ação e determinação, porque algumas vezes vamos sonhar com realidades que vão precisar de muito suor, garra e foco.

Trace metas para a realização se você não for ansioso, porque para os ansiosos, metas, planilhas, e prazos têm um peso diferente. Respeite a sua natureza e siga em frente, adequando etapas e ações de acordo com o que você consegue caminhar.

Mas construa uma ponte possível de atravessar, porque não adianta sonhar com o impossível, a ponte do impossível leva somente a um destino, a frustração.


Construa diariamente pontes que te levem para uma energia boa, uma energia de plantio para acabar em colheita. Regue diariamente seus sonhos. Alimente-os com grãos que realmente irão germinar. Nada de grãos bichados.

E se o bichinho do desânimo quiser se aconchegar, use o "eu sou capaz, eu vou conseguir, eu vou vencer" como inseticida. Mas sem agrotóxicos, pois estes costumam matar até o que é possível alcançar.

O sorriso do "eu consegui" parece vir da alma, porque realmente é ela que sorri, afinal, tem Alguém lá em cima que diz a cada conquista nossa: "Eu sabia que você era capaz, sempre confiei em você.".



E se não for nada disso, se precisar voltar atrás, desistir de algo para que novos sonhos cheguem, para que novas etapas sejam vencidas, não se autossabote com pessimismos de fracassos, porque não pode desisitir. 

Essa história de que desistir é atitude de fraco, é mentira, ou pelo menos não precisamos levar assim tão a ferro e fogo, isso é mais para vender projetos de autoestima. Ou sei lá, tem gente que acredita mesmo que voltar atrás é coisa de fracassado, eu já acho que na dosagem certa, no equilíbrio, voltar atrás é vida, é movimento. 

Muitas vezes é preciso sim desistir hoje, voltar algumas casas no mapa para mais adiante ganhar cinco casas no jogo da vida. 

Avante, porque só realiza quem sonha! E realizar... é voar nas nuvens!


Sheila Mendonça


14 comentários:

  1. Eu concordo muito em desistir e seguir outro rumo. Tem que ter coragem em abandonar um sonho pra colocar outro no lugar. A vida é feita de fases e há inúmeras oportunidades todos os dias! Só prestar atenção.
    Muita gente precisaria ler esse texto.
    Beijo! 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, minha querida, é preciso um equilíbrio entre desistir e não desistir.

      Tudo que é em exagero é preciso ser revisto. Existem pessoas que por acreditarem que desistir seja sinônimo de fracasso acabam se permitindo à infelicidade sem a menor necessidade.

      E há também aqueles que não concretizam nem um sonho quando dão de cara com as dificuldades e fazem da desistência uma compulsão, estas duas características são bastante nocivas, por isso o equilíbrio pra tudo na vida é importante.

      Amei sua visita e comentário, obrigada.
      Beijo, beijoooooo!
      She

      Excluir
  2. Perfeito amiga! Foi como te falei esses dias, fiz tanta coisa na minha vida, desisti de outras pra embarcar em novos planos que agora eu me sinto mais preparada para seguir adiante com o meu sonho. Tem dado certo, não sem decepções como você mesma disse, mas isso é o que impulsiona. Nada vem de mão beijada.

    Precisamos sonhar sempre :) Adorei amada :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, minha amiga, desistir de algo que não nos preenche mais é a forma que temos de movimentar as energias e fazer o novo chegar. E quando estamos preenchidas e realizadas até os imprevistos são encarados de forma diferente, conforme já conversamos antes.

      Nada como estar feliz, seja onde for, pois a vida é curta demais, ainda que vivamos 100 anos é curta, diante da eternidade.

      Beijo, beijoooo e obrigada pelo comentário e visita.
      She

      Excluir
  3. Ameeeeeiiiii esse texto amiga!!! Muita gente mesmo precisa ler esse encorajamento. Tbm é muito meu momento, tenho sonhado e sentido o gostinho de poder realizar muitas coisas que antes estavam tão distantes. Mas sou da turma dos ansiosos, sim, sou rsrss..não gosto de planilhas, mas em contra partida, tenho aprendido a ter paciência justamente com a realização de cada um deles, pq cada um tem um tempo pra acontecer né? E concordo q voltar atrás não seja sinônimo de fracasso, vejo mais como, ''recalcular a rota'' e a experiencia da vida nos da esse bônus, saber ver o que é melhor pra nós em cada momento. Muito bom! Parabéns!!! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, rsrsrsrs feliz que curtiu muito o texto, que bom! Sim, precisamos respeitar o nosso próprio ritmo acima de qualquer outra movimentação, respeitar a nossa própria natureza é saudável e inteligente. Amei o "recalcular a rota", é isso aí, o sentido é exatamente esse.

      Obrigada pelo comentário e visita.
      Beijo, beijo!
      She

      Excluir
  4. Que doçura! Estou nessa fase, Sheilinha. Estou querendo retomar antigos sonhos e traçar novas metas. Apostar. Arriscar. Criar asas. Fôlego e coragem. Amei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcinha, faz você muito bem, lindona, essa movimentação toda nos deixa vivos, saudáveis, conscientes e faz com que a energia do bem circule. Tem meu apoio.

      Beijo, beijooooo e obrigada pelo comentário e visita.
      She

      Excluir
  5. Lindo texto,She e belos conselhos nele. bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaaa pela visita, querida Chica, que bom que curtiu o post, obrigada e beijo, beijoooo!
      She

      Excluir
  6. OI she,
    Estava realmente precisando deste texto hoje, pois ando descuidando de minhas metas, sendo um bocado preguiçosa.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida Betty, obrigada pela visita, ah que bom que te ajudou então, beijo, beijoooooo!
      She

      Excluir
  7. Oi She!
    Que verdade mais verdadeira, he he! Um sonho que estava cultivando algum tempo deu um passo atrás agora, por puro descuido meu, mas isso me deu mais forças para tentar novamente no final do ano. Chorei, me descabelei, revi meus rascunhos de estudo, e já estou pronta pra outra. "Eita", que agora vai!
    Beijinho grande querida!!!

    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi queridona Bia, tudo vai dar certo, amada, e a realização chegará na hora certa, vai ver a hora não era aquela, e sim agora ou mais adiante. O importante é a gente se mexer :)
      Beijo, beijoooo

      Excluir

Comente à vontade e seja bem-vindo!